IA nos RH

Os benefícios do uso da Inteligência Artificial nos RH

07/08/2023

Para a gestão de pessoas e em especial, os profissionais de Recursos Humanos, é essencial estar atualizado sobre as tendências e inovações tecnológicas do setor.

É essencial procurar otimizar processos, práticas de gestão de talentos e procurar promover um ambiente de trabalho mais eficiente e produtivo. Neste artigo, vamos explorar como a inteligência artificial (IA) e outras tecnologias estão a transformar os Recursos Humanos (RH) e como podem estas novas ferramentas ser implementadas com sucesso nas empresas:

  • O que é a IA?
  • Benefícios da IA nos Recursos Humanos
    • Recrutamento e Seleção
    • Onboarding Inteligente 
    • Gestão de desempenho e avaliação
    • Cálculo do turnover 
    • Formação e desenvolvimento
    • Processamento de salários
    • Gestão de benefícios extrassalariais
    • Aumento da produtividade

O que é a IA?

Inteligência artificial é um ramo da engenharia informática, que se concentra no desenvolvimento de sistemas e programas capazes de realizar tarefas que normalmente exigiriam inteligência humana. Estes sistemas são desenhados para aprender, raciocinar, tomar decisões e resolver problemas sem intervenção direta do ser humano.

É impulsionada por algoritmos sofisticados e modelos matemáticos que permitem aos computadores processar grandes volumes de dados, identificar padrões, extrair informações relevantes e melhorar seu desempenho ao longo do tempo, tudo isso de forma autónoma.

São alguns exemplos de IA, ferramentas capazes de realizar tarefas como:

  • reconhecimento de voz
  • classificação de imagens
  • assistentes virtuais
  • chatbots
  • personalização de experiências
  • gestão de stocks
  • automatização de processos
  • entre outros

 

Benefícios da Inteligência Artificial nos Recursos Humanos: 

 

1. Recrutamento e Seleção de candidatos

A IA está a revolucionar os processos de recrutamento, tornando-os mais rápidos e eficientes. Hoje, já é possível analisar grandes volumes de currículos e perfis de candidatos numa grande escala, identificando de forma rápida e precisa capacidades e competências relevantes para a vaga, experiências profissionais prévias e até mesmo ver se o candidato se adequa a outras vagas em aberto na empresa.

Veio também facilitar os processos de triagem de candidaturas antes das primeiras entrevistas. Cada vez mais a nível mundial, e em Portugal inclusive, os candidatos são submetidos a uma série de testes de aptidões e de personalidade, a “entrevistas” via vídeo de apresentação ou a gravações de perguntas aleatoriamente selecionadas pela IA.

São chatbots e assistentes virtuais que conduzem estas entrevistas preliminares e libertam o dia a dia dos profissionais de RH para desempenhar outras tarefas mais estratégicas.

Uma outra vantagem do seu uso em processos de recrutamento, é o facto de esta permitir uma maior objetividade no momento de seleção de candidatos. A Inteligência Artificial permite filtrar currículos por aspetos essenciais como competências e eliminar possíveis tendências e preferências do recrutador, que este até pode nem ter noção que as tem.

 

2. Onboarding Inteligente 

O onboarding trata-se do conjunto de processos inerentes à integração de um novo colaborador na empresa, com o objetivo de garantir a adaptação, orientação e a retenção do novo talento. Um “bom onboarding” de novos colaboradores é fundamental para o sucesso a longo prazo destes na empresa.

A Inteligência Artificial pode ajudar nesse processo, ao oferecer um programa personalizado para cada funcionário (consoante departamentos por exemplo), adaptado às suas necessidades e habilidades. Além disso, chatbots podem fornecer informações básicas e essenciais e responder a perguntas comuns durante o período inicial de integração.

 

3. Gestão do desempenho e avaliação

Quando falamos do papel da gestão de pessoas é quase imperativo que se fale numa gestão humana, e por isso, pode parecer descabido a inteligência artificial ser uma boa opção para estas funções. A verdade é que gerir pessoas vai muito além do lado emocional e humano.

São várias as tarefas de análise e controlo, que não só envolvem por vezes grandes quantidades de informação e dados, como também implicam que os profissionais usem o seu lado mais imparcial e neutro possível, o que muitas vezes não é fácil dada a natureza humana.

Com o uso da Inteligência Artificial, é possível recolher e analisar dados sobre o desempenho dos colaboradores ao longo do tempo. Essa análise é totalmente objetiva e permite identificar pontos fortes e possíveis áreas de melhoria de cada individuo, facilitando assim o processo de avaliação e permitindo dar um feedback o mais construtivo possível.

Também pode servir para facilitar a identificação de tendências e padrões, que eventualmente ajudam a tomar decisões mais informadas sobre possíveis promoções, reconhecimentos, atribuições de bónus ou até de processos de offboarding.

 

4. Cálculo do turnover 

O turnover, ou rotatividade de pessoal, refere-se à mudança frequente de colaboradores de uma empresa, resultante de constantes entradas e saídas de pessoal. Elevadas taxas de turnover afetam negativamente as empresas pois, os custos financeiros e de tempo com despedimentos e recrutamento são consideráveis.

A rotatividade de funcionários pode ser prejudicial para uma organização. No entanto, a Inteligência Artificial pode ser usada para prever atempadamente, colaboradores com maior probabilidade de deixar a empresa com base em diversos fatores, como a satisfação no trabalho, o compromisso com a empresa e o histórico de desempenho. Com estas informações automatizadas, os profissionais de RH podem adotar medidas proativas para reter talentos valiosos.

 

5. Formação e desenvolvimento 

A IA, permite oferecer a cada colaborador formações personalizadas de acordo com as suas necessidades de aprendizagem, desenvolvimento e curiosidades. Ao usar esta ferramenta na formação contínua dos seus colaboradores, permite-lhes que estejam constantemente a ser impactados com informações e ferramentas atualizadas, que lhes vão permitir ser mais bem-sucedidos nas suas funções.

Um exemplo de aplicação da Inteligência Artificial na formação e desenvolvimento, são as plataformas de E-learning. Estas plataformas permitem acompanham o desenvolvimento em tempo real dos colaboradores e obter feedbacks confiáveis do progresso de aprendizagem de cada um.

 

6. Processamento de salários

O processamento de salários consiste no cálculo e pagamento das remunerações dos colaboradores, de acordo com as políticas e regulamentações da empresa e da legislação em vigor. É uma das principais tarefas dos recursos humanos todos os meses e por vezes, dada a sua natureza rotineira, pode tornar-se monótona.

A Inteligência Artificial permite automatizar este processo, corrigir e evitar erros, que muitas vezes se podem tornar dispendiosos a nível monetário e de tempo. Com isto, dada a importância desta tarefa, não se dispensa um último olhar pela parte da gestão de pessoas no momento de emitir os salários.

 

7. Gestão de benefícios extrassalariais 

Os benefícios extrassalariais, são benefícios oferecidos pelas empresas, aos colaboradores, como complemento ao salário, e podem ser monetários ou não monetários. Estes benefícios são atribuídos mensalmente, anualmente ou em reconhecimento por se atingirem objetivos e prestações na função de cada um ou em equipa. Atualmente, e particularmente para as novas gerações, estes benefícios têm enorme impacto na sua motivação.

A inteligência artificial pode trazer inúmeros benefícios para os Recursos Humanos na gestão de benefícios extrassalariais. É possível com recurso a IA fazer um histórico de uso e estado de benefício por colaborador, permitindo assim à gestão de pessoas, uma melhor monitorização dos benefícios.

A Inteligência Artificial permite-nos também analisar tendências e padrões entre os colaboradores em relação a uso e satisfação por benefício, e desta forma, facilita o trabalho dos RH em pensar e reorganizar o seu pacote de benefícios.

 

8. Aumento da produtividade

Ao automatizar os processos infra descritos, estamos a poupar tempo e diminuir a quantidade de tarefas rotineiras e aborrecidas de que se encargam os recursos humanos. Permitindo-lhes que assumam outras tarefas cruciais para as empresas e o bem-estar dos colaboradores como tarefas mais criativas, por exemplo. Assim, os recursos humanos passam a ter tempo disponível para se focarem em questões que realmente necessitam da sua atenção.

A inteligência artificial e outras tecnologias estão a trazer inúmeras vantagens para os Recursos Humanos. Ao adotar estas ferramentas, os profissionais de RH podem concentrar-se em tarefas mais estratégicas e estruturadas, enquanto oferecem um suporte mais eficiente aos colaboradores.

Além disso, a Inteligência Artificial pode ajudar a prever tendências futuras, o que é essencial para o sucesso a longo prazo de qualquer organização. É crucial que as empresas e profissionais de RH estejam dispostos a abraçar a inovação e utilizar a tecnologia a seu favor, garantindo um ambiente de trabalho mais produtivo e colaboradores mais felizes e motivados.

Não perca os nossos conteúdos

Receba em primeira mão os nossos posts diretamente no seu e-mail