pessoas felizes

Testes psicotécnicos: como aplicar no recrutamento

18/12/2023

O recrutamento de novos talentos é um desafio que se coloca em todas as empresas. Como escolher o melhor candidato? Como saber se ele tem o perfil adequado para a função? Como fazer a triagem face aos inúmeros CVs recebidos?

Estas são algumas das questões que os testes psicotécnicos nos ajudam a responder. Estes testes são instrumentos preciosos nos processos de recrutamento.

Porém, devemos chamar a atenção de que eles não substituem outras modalidades, como por exemplo as entrevistas, para um conhecimento mais profundo dos candidatos. Neste artigo vamos abordar os seguintes temas:

  • O que são testes psicotécnicos?
  • Como são constituídos os testes psicotécnicos?
  • Importância dos testes psicotécnicos nos processos de seleção
  • Objetivos dos testes psicotécnicos
  • Vantagens dos testes psicotécnicos
  • Tipos de testes psicotécnicos

 

O que são testes psicotécnicos?

Os testes psicotécnicos são, como o nome indica, testes desenvolvidos por psicólogos e outros especialistas, que permitirem um melhor conhecimento dos indivíduos

São frequentemente utilizados em processos de recrutamento de pessoal e no espaço educativo ou escolar.

Os números em França, segundo a APEC, dizem que em 2021 cerca de 16% das empresas utilizam regularmente testes psicotécnicos no recrutamento, chegando essa percentagem a 29% se falarmos só de empresas de informática.

Na prática, permitem uma avaliação das competências e das aptidões ou da personalidade dos indivíduos, sejam eles crianças, adolescentes ou adultos. Servem também para um autoconhecimento e para uma autoavaliação que nos permite definir estrategicamente as nossas escolhas: áreas a estudar ou funções a procurar.

 

Como são constituídos os testes?

Existe uma variedade infinda de testes psicotécnicos, uns destinam-se a avaliar aptidões e competências, outros a personalidade, há também aqueles que avaliam, especificamente, o comportamento numa dada situação.

Em geral são constituídos por exercícios, perguntas ou afirmações em que o candidato tem de escolher a que mais se adequa a si próprio. O tempo de resposta conta para determinar a capacidade de reação e a destreza mental, daí que sejam sempre cronometrados.

Alguns testes exigem uma certa argumentação da parte dos candidatos e são em geral utilizados para compreender a reação dos candidatos a um dado problema de gestão ou de liderança.

Existem na Internet inúmeros exemplos de testes online que os candidatos podem utilizar para treinarem, nomeadamente com conselhos para otimizarem a sua preparação.

 

Importância dos testes nos processos de seleção

Existem 3 situações em que os testes psicotécnicos podem ser extremamente importantes nos processos de seleção.

Podem ser utilizados para eliminar candidatos que não correspondam minimamente ao pretendido, utilizando-se em geral os testes de aptidões. São excelentes ferramentas que poupam tempo e recursos humanos, principalmente se houver um número grande de candidaturas.

Outra situação, tem a ver com a adequação do candidato à empresa e à função, avaliando-se os diferentes traços da sua personalidade. Podem também ser utilizados para avaliar o perfil dos candidatos, nomeadamente a sua reação a determinadas situações.

Alguns dos testes mais específicos, podem também ser utilizados fora dos processos de recrutamento, para avaliar qual o melhor candidato para uma função específica, geralmente situações de liderança.

Os testes psicotécnicos podem também, ser aplicados através de softwares específicos que, além dos testes, trazem o sistema de validação e de pontuação. No entanto, se for possível, será sempre útil ter um especialista de Recursos Humanos para acompanhar e validar todo o processo. 

Existem empresas que se especializaram em processos de recrutamento e na aplicação dos testes e que poderão ser contratadas com este objetivo.

Qualquer que seja o processo, de recrutamento inicial ou de seleção para uma função específica é sempre justo que os candidatos saibam antecipadamente que terão de passar pela fase de testes psicotécnicos, até porque é positivo a possibilidade de se prepararem e, assim, estarem menos ansiosos aquando da sua realização, uma vez que a ansiedade é um facto perturbador da validade final dos resultados.

 

Objetivos dos testes psicotécnicos 

Os testes psicotécnicos devem ser escolhidos de acordo com os objetivos da empresa e do momento. Os testes sobre competências como o nome indica medem as competências básicas.

Podemos também falar dos testes cujo objetivo será determinar a capacidade de raciocínio, nomeadamente matemático. Há testes que determinam a capacidade cognitiva e que permitem aferir a capacidade do candidato de realizar uma determinada tarefa, para além da sua capacidade de concentração e de atenção, a sua capacidade de resolver problemas.

Os testes de personalidade mostram as variáveis que modelam o comportamento do candidato, através da sua personalidade. O teste Papi é dos mais utilizados, numa das suas duas versões. Permite conhecer as diferentes características, tais como, o dinamismo, o otimismo, a abertura de espírito, a sociabilidade entre muitas outras.

Outro tipo de testes são os que determinam a inteligência emocional, tão falada no contexto atual. Medem os diferentes níveis de empatia e as competências emocionais.

Outros medem ainda, a relação com o risco, determinando a capacidade de seguir regras, a fiabilidade e segurança ou a reação em situações limite

 

Vantagens dos testes psicotécnicos

Para além de simplificarem a 1ª parte de um processo de recrutamento ou de seleção, os testes psicotécnicos apresentam-se com outras vantagens não menos pertinentes, a saber:

  • são igualitários, porque todos os candidatos são avaliados por um mesmo padrão.
  • são fiáveis e rigorosos e de difícil manipulação. 
  • ajudam a determinar não só o perfil do candidato como as suas potencialidades, auxiliando o processo de entrevista.

 

Tipos de testes psicotécnicos 

Cada empresa, pode desenvolver o seu tipo de teste psicotécnico, no entanto existem tipos de testes quase que universais tais como:

Para os testes de personalidade:

  • Teste Papi - tem 2 versões, a clássica e a normativa
  • indicador Myer-Briggs - apresenta no final 16 características de personalidade
  • 18PF - identifica o grau em que aparecem as 16 características primárias que todos temos

Para as competências básicas, temos, para serem utilizados separadamente ou fazendo parte de um conjunto, e com graus progressivos de dificuldade, testes de cálculo numérico:

  • Testes de aptidão e compreensão verbal
  • Testes de raciocínio
  • Testes de atenção e percepção
  • Testes de resistência à fadiga e monotonia
  • Testes de capacidade de método
  • Testes de memória e de retenção visual

 

Há muitos testes psicotécnicos online grátis, por isso, experimentar a utilização destes pode ser uma boa oportunidade para todos. Para a empresa e os recursos humanos ajudando a determinar e a delimitar as competências e as funções requeridas. 

Para todos os outros, indivíduos em diferentes fases da vida, os testes psicotécnicos são uma ótima forma de se conhecerem e, assim, melhorarem as suas aptidões.

Como disse uma vez uma a psicóloga Sofia Franco “os testes psicotécnicos servem para conhecermos as nossas forças, percebendo onde as podemos melhor aplicar, e fraquezas, percebendo o que podemos fazer para as melhorar, como por exemplo investir em formação.”

Não perca os nossos conteúdos

Receba em primeira mão os nossos posts diretamente no seu e-mail